Mudar é difícil?

Para a maioria das pessoas, mudar é difícil. Muitas já tentaram inúmeras coisas que não funcionaram e por isso acabam mais frustradas e desanimadas.

Por conta das inúmeras tentativas fracassadas, elas reforçam para si suas incapacidades em realizar mudanças. E alimentam anos de frustrações por conta de resultados precários nas diferentes áreas da sua vida.

As pessoas desejam mudanças que sejam duradouras, elas desejam mudanças que sejam sustentáveis.

Mas como é possível mudar com a Nutrição Positiva?

Na Nutrição Positiva, valorizamos cada vez mais trabalhar em estratégias que funcionam de maneira mais leve e prazerosa para os clientes ou pacientes.

Se o processo for mais agradável e divertido, as mudanças acontecerão com mais facilidade.

Em nosso outro artigo intitulado “Como gerar mudanças sustentáveis”, comentamos sobre o grande desafio das pessoas que estão sob cuidados de saúde, muitas destas desejam eliminar peso, ter um corpo bonito, praticar atividade física regularmente e sustentarem todas essas mudanças.

Muitas pessoas alimentam anos de frustrações por conta de resultados precários nas diferentes áreas da sua vida.

Para que as mudanças sejam duradouras, nós da Nutrição Positiva, preparamos 6 dicas infalíveis.

1 – Gere mais Emoções Positivas, elas são essenciais no processo de mudança

Pesquisas revolucionárias atuais em neurociências, ciência organizacional e psicologia positiva comprovam que o cérebro da maioria das pessoas age no modo negativo a maior parte do tempo.

Elas possuem baixos índices de positividade e apresentam sentimentos como tristeza, ansiedade, medo, raiva, frustração e impaciência. Com isso, não conseguem se concentrar bem, pensar direito, serem mais criativas e agirem corretamente.

Enquanto as emoções negativas comprometem a função cerebral, as emoções positivas a potencializam.

As emoções positivas nos deixam mais otimistas, ajudam nos relacionamentos porque conectamos melhor com pessoas, contribuem para a resolução de problemas, no processo de aprendizagem, na melhora do sistema imunológico e na recuperação cardiovascular.

O livro de Barbara Fredrickson, Positivity, mostra que as emoções positivas aumentam a resiliência, que é um dos principais impulsionadores da satisfação com a vida, e as pessoas que são mais resilientes estão mais satisfeitas com suas vidas.

Ao entender este processo, os nutricionistas que atuam com Nutrição Positiva primeiro precisam acalmar a mente dos seus clientes, para posteriormente promover as mudanças. Eles iniciam todas as sessões com uma boa dose de positivismo.

Na Nutrição Positiva trabalhamos com as Emoções Positivas, pois estas melhoram a saúde física e mental, revertem o estresse crônico e evitam a instalação de doenças. Por exemplo, pessoas com níveis mais altos de emoções positivas ficam menos resfriados e sintomas físicos como dor são reduzidos.

2 – Supere a mentalidade antiga e pense de forma diferente

Eliminar as crenças limitantes e pensamentos negativos, onde você diz: “Eu não sou capaz de emagrecer”, “eu não consigo fazer dieta”, “eu não posso mudar meus hábitos”… não permitirá que você obtenha uma mudança duradoura, pois você está reforçando em sua mente o tempo inteiro de que não é capaz, está repetindo o mesmo padrão de pensamento.

É preciso superar a mentalidade antiga, as crenças limitantes e negativas e desenvolver um mindset positivo, uma mentalidade de crescimento.

3 – Estabeleça novos hábitos

Para que isso aconteça, precisamos aprender novas habilidades, como desenvolver uma mentalidade de propósito, ter um sentido para a sua vida, para que assim consigamos controlar melhor as emoções e desejos por alimentos que não são considerados saudáveis.

4 – Dê um passo de cada vez

A ansiedade, um sentimento de tensão, preocupação e medo, tem se tornado um verdadeiro problema de saúde pública em todo mundo, e é um transtorno frequente nas pessoas que buscam por um atendimento nutricional.

Entender este e outros sentimentos comuns nas pessoas torna-se indispensável para se traçar metas possíveis de serem alcançadas, mas que sejam motivadoras e que aumentem o nível de energia e entusiasmo.

Por isso é importante estabelecer mini metas que sejam envolventes, dando um passo de cada vez, como por exemplo: tomar um copo a mais de água todos os dias por uma semana, comer uma fruta a mais por dia por uma semana, fazer uma caminhada de 5 minutos ao invés de 10 minutos… isso gera mais confiança.

Não se sabe se a pessoa irá gostar de fazer tudo isso, devemos então orientá-la para fingir até conseguir. Além de ajudar a reduzir a ansiedade, será uma excelente oportunidade para obter novas experiências.

É importante observar o que gera impacto mais positivo e o que traz benefícios dentro de duas ou três semanas, se não as pessoas não serão susceptíveis em sustentar este novo comportamento.

5 – Tenha Automotivação

A automotivação é o tipo de motivação que funciona melhor. As pessoas devem ter bons motivos para agir, elas precisam querer mudar. Para isso, elas precisam estar motivadas e essa motivação tem que vir de dentro para fora.

A motivação deve ser buscada a cada dia, pois é um motor que vai impulsionar as pessoas para frente e contribuir na sustentação do novo comportamento.

Para nos mantermos motivados, precisamos ter um propósito, um “porquê” forte, amar o que se faz para que tudo se torne mais fácil e divertido.

Conhecer seus pontos fortes também é fundamental no processo de mudança e sustentabilidade e muitas pessoas desconhecem os seus pontos fortes. Conhecer as nossas forças é essencial para nos sentirmos mais energizados e autoconfiantes.

Quando falamos na perda de peso sustentável, uma das maneiras de motivar as pessoas a terem mais energia para agir é fazê-las refletir sobre a vida que elas desejam ter no futuro. Quando conectamos o comportamento da pessoa para algo que ela deseja futuramente, esse tipo de motivação demonstra um bom resultado na perda de peso sustentável.

6 – Tenha mais confiança

As pessoas têm que acreditar que podem realizar o que desejam e que são capazes de mudar. Elas devem dizer para elas mesmas: “Eu quero”, “Eu sou capaz”, “Eu consigo”, “Eu posso”.

A confiança precisa ser recarregada todos os dias para impulsionar as pessoas para frente.

Ao colocar em prática estas dicas, certamente os resultados deste processo acontecerão.

Gostou? Deixei o seu comentário abaixo.

Share This