O que diferencia um nutricionista positivo do tradicional?

A Nutrição Positiva em breve se tornará uma prática comum em consultórios de todo o mundo e chegou com força total ao Brasil.

Nutricionistas “Positivos” possuem uma visão mais ampla, eles possuem uma grande caixa de ferramentas, técnicas e metodologias e por isso entendem o que está por trás do processo de mudança.

Estes profissionais conseguem colaborar mais por conta da sua criatividade, eles geram mais insights e isso acelera este processo.

Acreditamos que valha à pena fazermos uma breve reflexão sobre os métodos de atendimentos aos clientes ou pacientes, pois isto também interfere no processo de mudança.

Como atuam os profissionais no dia a dia?

Quando o nutricionista atua de maneira tradicional, ele se posiciona como um especialista, ou seja, ele diz para o cliente ou paciente o que tem que ser feito.

Na maioria das vezes o profissional fornece a famosa “lista” do que pode ou não pode. Porém, algumas vezes esta lista se soma à outras diversas que ele recebeu em consultas passadas com outros profissionais e que provavelmente não seguirá.

E por que isso não funciona?

O cliente não deseja mais uma lista para seguir, ele não aprende a fazer algo novo, ele é convidado a repetir o mesmo padrão.

É como se o nutricionista fosse o motorista e o cliente o passageiro. O motorista é o agente ativo, quem dá as ordens, e o passageiro é o agente passivo, que não gera ação.

O passageiro não conduz o seu processo de mudança e isso é lamentável, pois ele não desenvolve o autoconhecimento.

No dia a dia, o cliente é simplesmente conduzido a mudar, mas não aprende com o processo de mudança. Ele não é estimulado a refletir como encontrar os melhores caminhos e as melhores escolhas.

Por que o cliente não muda a cada consulta?

Existe um ciclo vicioso que se repete a cada nova consulta com o nutricionista. Isto impede que seus clientes ou pacientes tenham importantes aprendizados ao longo do processo de mudança.

O foco muitas vezes está no negativo, no que não está indo bem, nos exames que não melhoraram, na dieta que não foi seguida, na falta de atividade física.

Falta inteligência positiva no processo de mudança

Estudos na área de neurociências mostram que a nossa mente pode ser nossa melhor amiga ou nossa pior inimiga. Eles mostram que 80% dos indivíduos possuem uma mentalidade mais negativa.

Assustadoramente, apenas 20% de nós possuem uma mentalidade positiva e é por isso que apenas 20% dos indivíduos atingem seu verdadeiro potencial. Eles agem no modo sabotador a maior parte do tempo, possuem pouco domínio sobre a sua mente, tendo dificuldades em lidar com desafios e fazerem mudanças sustentáveis nas diferentes áreas da sua vida.

Ao focarmos no negativo, tudo o que a gente foca, expande! Isto quer dizer que quando o profissional foca mais nos pontos negativos, é mais disso que o seu paciente verá.

Desenvolver Inteligência Positiva é fundamental para tanto para o cliente quanto para o profissional que o atende.

É preciso focar no positivo!

Devemos aprender a focar no positivo, nas emoções positivas e no que vai bem. Isto não significa que deixaremos de chamar a atenção para os problemas.

Devemos falar dos resultados dos exames, das melhorias que devem acontecer com a alimentação, das consequências de não praticar atividade física, por exemplo.

Quando focamos no positivo, estamos desenvolvendo a neuroplasticidade. Estamos criando novos caminhos no cérebro e desenvolvendo o domínio sobre a nossa própria mente. Isso é simplesmente sensacional.

A metodologia da Nutrição Positiva aumenta os resultados positivos

A metodologia da Nutrição Positiva envolve mudanças profundas na mentalidade, que por sua vez irão mudar o comportamento. Por conta disso, ela é mais profunda que a nutrição comportamental.

A mudança de hábitos que ocorre na Nutrição Positiva advém primeiro da mudança de mentalidade, que mudará os pensamentos. Quando mudamos os pensamentos, mudamos os sentimentos, que por sua vez mudam os comportamentos e por último mudam os hábitos.

A Nutrição Positiva possui dezenas de técnicas e ferramentas validadas, que promovem mudanças na saúde e na qualidade de vida de seus clientes e pacientes. Ela é capaz de gerar mudanças duradouras.

Atuar com estratégias e ferramentas da Nutrição Positiva eleva a taxa de conquistas e resultados, tanto para o cliente ou paciente, quanto para o profissional.

Veja abaixo uma importante reflexão que trazemos sobre a figura do Nutricionista Especialista e do Nutricionista que atua com a Nutrição Positiva.

Diferenças entre o Nutricionista Especialista (tradicional) e o Nutricionista que atua com a Nutrição Positiva

 

Especialista (tradicional) Nutrição Positiva
Posicionamento Pensa nele mesmo como a autoridade, o educador Posiciona-se como um parceiro, como um facilitador. Ele está lá para explorar o que o cliente quer, o que ele tem de prioridade.
Responsabilidades Assume o papel de chefe, de alguém que está no comando, sentindo-se responsável pela saúde dos clientes. Ele senta no banco do motorista e enquanto está segurando o volante, ele está dirigindo o seu cliente e o seu cliente não está aprendendo a dirigir, não se torna auto responsável. Não aceita essa responsabilidade pela saúde dos seus clientes. Ele mantém o cliente no banco do motorista, pois ele é o responsável e precisa aprender a ter controle da sua vida.
Nível de energia O especialista sente-se drenado e esgotado no fim do dia, porque ele assume o papel de chefe e carrega a responsabilidade pelos desafios e limitações de saúde dos seus clientes. Termina o dia se sentindo bem e com um bom nível de energia, porque ele pede ao cliente para trabalhar e assumir as suas responsabilidades.
Foco Geralmente está focado no negativo, no que não está indo bem. O negativo cria estresse e prejudica a aprendizagem do cliente. Está focado em promover possibilidades, cultiva emoções positivas nos clientes porque isso faz com que o cérebro deles trabalhem melhor.
Interesses Às vezes interrompe o cliente para verificar a longa lista de tarefas que impõe ao mesmo. Está interessado em toda a história e evita fornecer as listas.
Sentimento Muitas vezes sente que está trabalhando mais do que seu cliente. O nutricionista e o cliente estão trabalhando igualmente firmes, na busca da melhor forma de seguir em frente.

Vamos para ação com a Nutrição Positiva

Agora que você está ciente da importância de atuar com a Nutrição Positiva e do quanto ela pode ser benéfica para os clientes, é hora de aprender que técnicas são estas. Que ferramentas devem ser utilizadas no consultório e que metodologias podem ser incorporadas ao processo de mudança dos clientes.

Se você deseja se aprofundar mais neste assunto, confira os nossos cursos, treinamentos e palestras e coloque em prática imediatamente estes aprendizados.

E aí, você gostou? Deixei o seu comentário abaixo e compartilhe este texto com os seus amigos.

Um forte e positivo abraço para você!

Leia também:

Share This